Projeto Tecendo a Diversidade aprova candidatas negras para o concurso do MPT

O concurso para procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT), selecionou os candidatos para a prova oral e entre eles duas mulheres negras foram aprovadas, ambas fazem parte do projeto Tecendo a Diversidade.

A próxima etapa da disputa será a fase oral e posteriormente a comissão de heteroidentificação. Após aprovação e homologação do concurso as candidatas poderão tomar posse.

Projeto Tecendo a Diversidade

O projeto Tecendo a Diversidade foi uma iniciativa das Procuradoras do Trabalho, cujo objetivo é preparar mulheres negras e de baixa renda para o concurso do MPT que está em andamento.

O programa teve início em julho de 2019 e a prova objetiva ocorreu no dia 08 de março deste ano. Foram 300 mulheres pretas inscritas de todo o Brasil, mas apenas 100 foram selecionadas por obedecerem aos critérios como prática jurídica e baixa renda.

Saiba mais sobre o projeto:

Projeto Tecendo a Diversidade

Deixe uma resposta