Transforma MP e AJD prestam solidariedade a padres hostilizados por bolsonaristas

Por Marina Azambuja

O Coletivo Por Um Ministério Público Transformador (Transforma MP) e a Associação Juízes para a Democracia (AJD) emitiram uma nota pública em solidariedade aos padres Lino Allegri e Oliveira Rodrigues que foram atacados por apoiadores do governo Bolsonaro durante duas missas no mês de julho em Fortaleza, no Ceará. 

De acordo com as entidades jurídicas, o direito à liberdade de expressão e a liberdade religiosa é uma garantia constitucional e deve ser respeitada independentemente da ideologia política ou crença. 

Em nota, o Transforma MP e a AJD reforçaram que os atos cometidos pelos bolsonaristas podem configurar crimes previstos nos artigos 147-A e 208 do Código Penal Brasileiro. 

NOTA PÚBLICA IGREJA DA PAZ 7

Deixe uma resposta